31/01/2011

Federação estende prazo e clubes ganham tempo para confirmar presença na Chave Ouro

Atendendo algumas solicitações de equipes que ainda buscam viabilizar financeiramente a montagem de seus times, a Federação Paranaense de Futebol de Salão anunciou hoje a prorrogação do prazo para a confirmação da participação na Chave Ouro. O prazo que se encerraria nesta segunda-feira foi prorrogado até as 17 horas do dia 2 de fevereiro. Até o momento, apenas a Adeafi desistiu da competição. O Rio Branco de Paranaguá foi convidado para ocupar a vaga, mas ainda não se manifestou oficialmente. Caso o Rio Branco não confirme participação à Federação deverá convidar o quarto colocado da Chave Prata em 2010.
Londrina é cofirmado como novo paranaense na Liga Futsal 2011

A Liga Futsal 2011 terá um novo formato. A reunião que deliberou as mudanças ocorreu nesta segunda-feira (31/1), em Guarulhos (SP), onde clubes e empresas proprietárias de franquias, dirigentes da CBFS e interessados em participar da principal competição do salonismo nacional definiram pela ampliação do número de participantes e a mudança da fórmula de disputas. A partir desta temporada a Liga passará de 21 para 24 clubes, ampliando a briga pelo título. Com um aumento do número de participantes foi definida a nova fórmula de disputa, em que os clubes terão a primeira fase com todos jogando contra todos em turno único. Ao final da primeira fase os 16 melhores colocados avançarão. Na etapa seguinte da Liga Futsal os 16 classificados serão divididos em quatro grupos com quatro equipes cada. Nesta fase, as equipes duelarão apenas contra as equipes de suas chaves, em turno e returno, com os dois melhores passando para as quartas-de-final. A partir desta fase, o campeonato passa a ter jogos eliminatórios (ida e volta), até a definição do campeão, que deve ser definido em novembro. Em relação à temporada passada, serão sete novos clubes, inclusive com a mudança da Cortiana, que transferiu sua franquia de Farroupilha (RS) para Santos (SP), com a parceria com o Santos Futebol Clube. Além dos santistas, o Suzano/Penalty (SP) e IACC/Águia Seguros/Unimed (SC), entraram como franqueados da Penalty e da Umbro, respectivamente. A ampliação do número de participantes implicou na inclusão do Distrito Federal e do Mato Grosso, que agora terão representantes na Liga Futsal. Peixe/Mazza (DF) e Mato Grosso (MT) foram aprovados pelo colegiado, bem como os convites ao São José Futsal (SP) e Colégio Londrinense (PR).
Confira os clubes participantes da Liga Futsal 2011
Anápolis Futsal/SuperBolla (GO)
Assoeva/Unisc/Krofam (RS)
Atlântico Apti Uri Erechim (RS)
Carlos Barbosa (RS)
Colégio Londrinense (PR)
Copagril/Faville/DalPonte (PR)
Diplomata/Muffatão (PR)
Florianópolis FutSal (SC)
Krona/Joinville/DalPonte (SC)
Macaé Sports (RJ)
Mato Grosso (MT)
Peixe/Mazza (DF)
Poker/PEC (RJ)
Praia/Pepsi/Curinga Fiat (MG)
IACC/Águia Seguros/Unimed (SC)
Intelli/Orlândia (SP)
Santos/Cortiana/Unilus (SP)
São Caetano/Corinthians/Unip (SP)
São José Futsal (SP)
SPFC/Bebedouro/Construban (SP)
Suzano/Penalty (SP)
Unisul/Seguridade (SC)
V&M Minas (MG)
Gazin/Oi/Penalty (PR)
Vai começar a pré-temporada do Campo Mourão Futsal

Ricardo Echelmeier: Supervidor do CM
Futsal/Fecam
O ginásio Valternei de Oliveira, o Lar Paraná, será o palco do primeiro contato entre os atletas, comissão técnica e a diretoria do Campo Mourão Futsal/Fecam. Na manhã desta terça-feira, a partir das 10h00, o elenco se apresenta para uma primeira conversa coletiva. Estarão presentes a Secretária de Esportes de Campo Mourão, Karla Turcek, o presidente do time, Itamar Tagliari, o supervisor da equipe, Ricardo Echelmeier e o preparador físico Eberton de Souza. Na pauta do encontro os dirigentes vão expor os desafios e o planejamento da equipe para a atual temporada, além de definir algumas regras de trabalho e de comportamento dentro e fora de quadra. “Queremos deixar bem claro para o grupo a nossa forma de trabalhar, principalmente para os novos contratados, e esclarecer algumas mudanças que vamos implantar nesse ano. Temos objetivos distintos para a primeira e segunda fase, inclusive de reforçarmos a equipe num segundo momento e é importante que o elenco saiba disso. Vamos tratar também de outros assuntos de ordem interna", explica Ricardo.

30/01/2011

Dupla do Ceará já está em Campo Mourão

Piliu e Preá: Dupla que vem do Ceará para reforçar
o Campo Mourão nesta temporada
Os alas Piliu e Preá foram os primeiros a se apresentar a diretoria do Campo Mourão Futsal/Fecam. Na manhã deste domingo (30), a dupla que é do Ceará, chegou à Campo Mourão depois de uma viagem de uma longa viagem de carro, que durou quase quatro dias. Piliu, que veio com a família para a cidade, abdicou do transporte aéreo e preferiu vir de carro mesmo, para aproveitar a oportunidade de conhecer outros estados brasileiros, por onde passou no percurso até Campo Mourão. Tive o prazer de conversar com os dois jogadores nesta manhã, assim que chegaram à cidade, e constatar o entusiasmo dos dois para o inicio do trabalho, marcado para está terça-feira (1º), a partir das 10 horas da manhã no ginásio Valternei de Oliveira, no Lar Paraná. “Foi uma viagem longa, cansativa, mais valeu a pena. Agora vamos descansar para na terça-feira iniciarmos o trabalho e fazer-mos aqui um grande ano”, declara Piliu.

29/01/2011

Começando cedo

Copagril/M.C.Rondon: Vice-campeão da Liga em 2010

O vice-campeão da última liga nacional, a Copagril, de Marechal Cândido Rondon já está suando a camisa. A equipe comandada pelo professor Marquinhos Xavier (melhor técnico da Liga de 2010), desde o inicio desta última semana está em busca do melhor aprimoramento físico após as férias. Neste inicio de trabalho quem dá as cartas é o novo preparador físico Mário Raulino, alternando o trabalho com a parte tática, implantada por Marquinhos Xavier. A primeira competição oficial da Copagril em 2011 será a Superliga, que inicia no dia 23 de fevereiro.
Adeafi desiste e Federação faz convite para Paranaguá

Como este blogueiro já havia adiantado a Adeafi, de Foz do Iguaçu, não vai mesmo disputar a Chave Ouro do Campeonato Paranaense deste ano. Alegando problemas financeiros, falta de apoio e desinteresse da classe empresarial e do poder público municipal, a direção da Adeafi Futsal já solicitou a desistência, conforme informou o presidente da associação, Valdeci Rolim de Freita, que enviou ofício à Federação Paranaense de Futebol de Salão (FPFS), na última quinta-feira (27), comunicando a decisão do clube. Com a desistência da equipe, a Federação Paranaense de Futebol de Salão abriu a temporada dos convites para o preenchimento de vagas da Chave Ouro. Por questões técnicas, os convites seguem a ordem de classificação da Chave Prata 2010. O primeiro convidado é a equipe do Rio Branco/Paranaguá (terceiro colocado da Chave Prata em 2010), que tem prazo até segunda-feira para dar resposta. Vale lembrar qua na temporada passada o ala pivô Rheverson, que é de Campo Mourão, atuou pelo Paranaguá, onde foi comandado pelo técnico catarinense Egidio Beckauser, o novo treinador mourãoense para esta temporada.
Rudi desiste e Paraná contrata outro ala

O Paraná Clube agiu rápido e logo depois do comunicado do ala Rudi, que desistiu de defender o Tricolor em 2011, a diretoria, menos de 24 horas, anunciou o ala-direito Eli, de 26 anos, como novo reforço paranista para esta temporada. O jogador, que coleciona passagens por grandes clubes do futsal brasileiro, estava atuando no Tulpar, do Cazaquistão. Mesmo de longe, Eli comentou que não deixou de acompanhar o futsal paranaense e ressaltou que o Paraná Clube/Vale Fértil está no caminho certo para ser um dos grandes clubes do salonismo estadual e nacional. “Vejo com bons olhos esse meu acerto com o Paraná Clube. Tenho acompanhado o futsal do Estado através da internet e acredito que a equipe está caminhando bem para ser uma das grandes equipes do Estado. O Paraná tem um pensamento e um projeto vencedor e isso fez a diferença na minha decisão na hora de acertar”, revelou o novo contratado do Tricolor. Quando defendia as categorias de base do Macaé, do Rio de Janeiro, Eli enfrentou o Paraná Clube, que na época era comandado pelo técnico Júnior. Destaque daquele confronto, o novo ala paranista afirmou que agora está ao lado do treinador para um ano cheio de conquistas.

27/01/2011

Livro conta história do futsal de Paranavaí e lembra Campo Mourão como algoz

Uma boa fonte para quem quiser saber mais sobre o tradicional futsal paranavaiense é o livro "História do Futsal de Paranavaí", lançado recentemente por Rafael Octaviano de Souza e João Carlos Antunes. Na obra o leitor poderá conhecer tudo sobre a prática da modalidade na cidade e, sobretudo, a vitoriosa participação de Paranavaí nas competições estaduais, desde as categorias de base até a equipe adulta, que tanto titulos e tantas glórias já conquistou. Com riqueza de detalhes em algumas passagens, Rafael, que já foi técnico do time paranavaiense por muitas temporadas e hoje integra a diretoria da equipe, e João Carlos, retratam a trajetória do futsal não apenas de Paranavaí, mas também do Paraná. O autor lembra, inclusive, da primeira edição da Chave Ouro, realizada em 1995, onde por ironia do destino, Paranavaí só não ficou com o titulo por ter perdido para Campo Mourão (naquela época representado pela equipe da Coamo), no quadrnagular final. O livro possui mais de 300 páginas onde os pesquisadores e estudantes poderão apreciar a história do Futsal de Paranavaí, desde a década de 60, além de quase 300 fotos que ilustram a obra.

Leia um capítulo da obra de Rafael Souza, ex-técnico do Paranavaí.

Fundada em 1980, tendo como principais conquistas o Campeonato Paranaense do Interior (1993), Campeonato Futsal Total F.P.F.S (1990), vice-campeonato Paranaense (Taça Paraná 1982), várias finais de JAP’s, e diversas competições regionais todos na categoria adulta e muitas outras em categorias menores, o ano de 2011 marca a 17ª participação consecutiva no Campeonato Paranaense de Futsal Chave Ouro, competição que teve inicio no ano de 1995, tendo como campeão a equipe do Clube Curitibano (Curitiba) com a São Lucas ficando com a terceira colocação. Depois de muitos anos de Taça Paraná o Sr Jorge Kudri (in memoriam), Presidente da F.P.F.S criou o Iº Campeonato Paranaense Chave Ouro com o intuito de manter as equipes em atividade por mais tempo, já que no antigo campeonato, algumas equipes eram eliminadas em apenas um final de semana, ficando praticamente sem competições oficiais durante o restante do ano. Este campeonato contou com a participação de 24 equipes (a ideia inicial era de 16) de 18 municípios divididas em 04 grupos de 06 equipes cada, classificando-se as 04 primeiras de cada grupo (total de 16) para a disputa da Chave Ouro em 1996, ficando as demais (08 equipes) de fora, tendo a possibilidade de disputar o Campeonato Paranaense da 1ª divisão (Chave Prata) juntamente com outras, em uma formula de disputa semelhante à antiga Taça Paraná. Os dois primeiros colocados da 1º divisão teriam o acesso a Chave Ouro do ano seguinte, e automaticamente os dois últimos da Chave Ouro cairiam para a 1ª divisão (Chave Prata), dando mais emoção a disputa. Essa alteração no campeonato foi a grande modificação dos últimos anos, tornando o futsal do Paraná ainda mais competitivo, pois as equipes tiveram a necessidade de investir, e com isso, as que não eram profissionais tiveram que se tornar para essas disputas. Participaram equipes como: São Lucas/Paranavaí, A.A.B.B/Jamel/Jandaia do Sul, Apucarana, Grêmio Londrinense/Londrina, Canadá/Londrina, Lupionópolis, Caixa Econômica Federal/Curitiba, Coamo de Campo Mourão, Pitanga, Clube Curitibano/Curitiba, Grêmio Patobranquense/Pato Branco, Clube Verde/Unimed/Ponta Grossa, Clube dos Trinta/Marialva dentre outras. A São Lucas perdeu em Campo Mourão no dia 15/11/1995 pelo placar de 3 a 1 para a Coamo, essa derrota foi considerada como fundamental para a perda do título, pois a equipe de Paranavaí era a líder do quadrangular até o momento, e Campo Mourão jogou sem quatro titulares suspensos. O campeão foi o Clube Curitibano, seguido pelo Grêmio Londrinense e pela São Lucas e Coamo. Um detalhe importante foi à desistência da equipe da Inpacel de Arapoti, tetra campeã paranaense, e uma das melhores equipes de todos os tempos que ocorreu 24 horas antes do congresso técnico, o atual técnico da São Lucas Luciano Bonfim foi o artilheiro da equipe na competição e Pezão escolhido o melhor jogador.

Nota do blog: Vale lembra ainda que este mesmo Luciano Bonfim, também defendeu a Coamo (Campo Mourão) por dois anos na Chave Ouro (1997 e 1998), onde fez grandes apresetnações e se tornou ídolo do torcedor. Anos mais tarde, o jogador voltou para de novo atuar por Campo Mourão. Isso já no ano de 2005.
Paranavaí define elenco e anuncia inicio da pré-temporada

Rafael, campeão da Chave Prata pelo Marreco,
ex-técnico do Paranavaí e agora dirigente
A Associação São Lucas/Pédemais Calçados, de Paranavai, que ao lado de Campo Mourão é uma das mais tradicionais equipes de futsal do Paraná, já está pronta para iniciar sua pré-temporada, visando a disputa da Chave Ouro 2011. Segundo o amigo Rafael Octaviano, ex-treinador do time e agora diretor técnico da São Lucas, o time já esta pronto para iniciar os trabalhos. Paraticamente definida, a equipe se apresenta no dia 7 de fevereiro, no Ginásio de Esportes Lacerda Braga, e a pré-temporada, de acordo com Rafael, devecser realizada no município de Porto Rico a 100 km de Paranavaí. Neste ano o elenco paranavaiense, que será comandado pelo ex-jogador e agora técnico Luciano Bonfim, vai mesclar jogadores experientes com jovens talentos. Entre eles dois atletas campeões paranaense em 2010 pelo Guarapuava (Tarcísio e Edson); cinco atletas remanescentes da equipe de 2010 (Gabriel, Arielton, Jonatas, Geraldinho, e Lucao); gaúchos que chegam da equipe do Porto ALegre/RS (Mauricinho e Xande); o ala PC (ex-Quedas do Iguaçú), além do ala canhoto Guga (ex-Cyagim) e Chuí, que teve boas passagens pelo clube. Rafael diz que a expectativa é de o time voltar a fazer boas campanhas como as de 2006 (6º colocado) e 2007 (5º colocado), já que nos últimos três anos ficou entre a zona de rebaixamento e a classificação para a 2ª fase. A meta primeiramente é permanecer na elite, tentando ficar entre os oito melhores colocados. Confira o elenco definido pelo Paranavai para a Temporada: Arielton e Gabriel (goleiros); Tarcísio, PC, Jonatas (fixos); Chuí, Geraldinho, Xande, Guga, e Mauricinho (alas); Edson, e Lucao (pivôs).

26/01/2011

 Paraná repatria pivô e fecha elenco para a temporada

A diretoria do Paraná Clube/Vale Fértil confirmou, na manhã desta quarta-feira, 26 de janeiro, o quinto reforço da equipe visando a Série Ouro do Campeonato Paranaense de Futsal de 2011. O pivô Vinícius, de 25 anos, que estava atuando no Chaves Futsal, de Portugal, é o novo contratado do Tricolor Paranaense para reforçar o time comandado pelo técnico Júnior. Vinícius disse estar ciente da responsabilidade que a equipe de 2011 terá de levar o Paraná Clube/Vale Fértil novamente entre os quatro melhores times da Série Ouro. “Não tenho dúvidas que o time terá essa responsabilidade, até porque foram feitos alguns investimentos. Com muito trabalho, tenho certeza que vai dar tudo certo”, emendou Vinícius, que ressaltou que o projeto do Tricolor pesou na sua decisão de voltar para o futsal brasileiro. “A estrutura e o projeto que a diretoria do Paraná Clube apresentou foram sim fatores que pesaram muito na minha decisão. Sempre ouvi falar bem do clube, tenho amigos do grupo do ano passado e que me apoiaram na minha escolha. Chego para ajudar. Sou pivô de movimentação, prefiro cair mais nas alas e tenho facilidade de finalizar com os dois pés. Quando visto a camisa procuro dar sempre o meu máximo”, completou o novo reforço paranista. Com Vinícius, já são cinco reforços do Tricolor para 2011. Já haviam sido anunciados o fixo/ala Danilo e o alas Rudi, Betinho e Michel. Para esta posição, o técnico Júnior conta também com os pivôs Daniel e Fillipe.
Campo Mourão Futsal vai a Santa Catarina fazer parte da pré-temporada 

Município fica na região Sul de SC
A diretoria do Campo Mourão Futsal /Fecam acaba de anunciar a firmação de uma parceira com o município de Lontras (Sul de Santa Catarina), para realizar parte da pré-temporada da equipe naquele Estado. Pelo acordo, de 14 a 25 de fevereiro, o time mourãoense representará Lontras na disputa do famoso Torneio de Verão Brejeiros, que está na sua 36ª edição, e é realizado em Rio do Sul, também em Santa Catarina. Tradicional e de alto nível, a competição reúne importantes equipes daquele Estado, tais como Joaçaba, Inter de Lajes, Moitas de Ituporanga, Rio do Sul e Colegial, e já teve até a participação da Malwee Jaraguá em anos anteriores. O torneio servirá como parte da preparação do time mourãoense para o inicio da Chave Ouro. Pelo acordo, todos os gastos, desde o deslocamento, alojamento, alimentação e estrutura médica e organizacional, serão custeados pelo município lontrense. Desta forma, o elenco mourãoense inicia sua pré-temporada dia 1º de fevereiro, em Campo Mourão. Na seqüência se desloca para Lontras, onde dará seqüência aos treinamentos e paralelamente disputa o torneio. 
Vista aérea da cidade onde o time ficará treinando
Ao final o time retorna para Campo Mourão para finalizar os preparativos antes da estréia na Chave Ouro do campeonato paranaense. Na minha humilde opinião será fantástico. Uma grande oportunidade para Campo Mourão fazer quem sabe a melhor pré-temporada de toda sua história. Pois pelo que sei toda equipe ficará muito bem alojada, em uma bela sede campestre, como todo conforto e estrura profissional à disposição. E com a disputa da competição o time certamente vai chegar em ritmo de jogo, definitivamente pronto e afiado para a estreia.
Fixo vice-campeão da Liga Nacional vai defender Campo Mourão

Jorge Mario: Fixo do CM/Fecam
O paulista Jorge Mario, experiente fixo de 35 anos, que em 2010 foi vice-campeão da Liga Nacional defendendo o Marechal Candido Rondon é o último reforço do Campo Mourão/Fecam para a temporada de 2011. O jogador vinha conversando com a diretoria do clube mourãoense nas últimas semanas e nesta terça-feira (25) acertou os detalhes finais de sua transferência. Com currículo invejável, Jorge Mario conquistou muitos títulos na carreira e defendeu vários clubes pelo Brasil, entre eles, General Motors (GM), São Paulo e Banespa/SP; Carlos Barbosa (ACBF), do Rio Grande do Sul, além de Toledo, São Miguel, Cascavel e por último Marechal C. Rondon, do Paraná, onde ano passado chegou ao vice-campeonato da Liga Nacional. Por esses clubes o fixo foi tri-campeão paulista; bi-campeão da Taça São Paulo; bi-campeão da Taça Paraná; bi-campeão dos Jogos Abertos do Paraná e Jogos Abertos Brasileiros e campeão da Chave Ouro do Paraná em 2009. Jogador de bomdefensivo da equipe, que já conta com os também experientes Biju e Piliu.  passe e forte marcação, Jorge Mario chega para dar ainda mais consistência ao sistema defensivo da equipe, que já conta com os também experientes Biju e Piliu.

25/01/2011

Santos apresenta seu supertime para disputa da Liga Nacional 

Supertime do peixe apresentado nesta segunda-feira
O Santos apresentou no inicio desta semana seu supertime de futsal. Encabeçada pelo ala Falcão, o melhor jogador do mundo da modalidade, a nova equipe já nasce com a responsabilidade de ser favorita a conquistar todos os títulos que disputar. Além do astro da camisa 12, o Peixe conta com vários outros jogadores de Seleção Brasileira, além de ser comandada por Fernando Ferretti, técnico colecionador de títulos: hexacampeão da Taça Brasil, tricampeão da Liga Futsal do Brasil e pentacampeão da Taça Libertadores da América de Futsal. Falcão admite que o Santos será bastante cobrado por resultados. Por isso, explica que sua maior preocupação neste momento é ver a equipe demonstrar, na prática, que é mesmo um supertime.  "Batendo o olho no nosso elenco, vemos que é muito bom. Agora é sair do papel para o time, jogos e títulos. É uma equipe montada para vencer. No início, vamos ter dificuldades. Não temos uma camisa de peso no futsal, pois é um time novo. Em contrapartida, temos a camisa do Santos, que traz grande esponsabilidade", explica.  Ferretti concorda com seu principal jogador e até reuniu os atletas antes do primeiro treino para prepará-los para as cobranças. - Todos nós já passamos por grandes equipes, conquistamos títulos e sabemos que teremos grandes responsabilidades. Conversei com os jogadores e disse que, desde o primeiro treino, jogaremos sob pressão de conquista de títulos. O Santos já está em pré-temporada. A primeira fase de preparação será realizada em Santos. Em seguida, a equipe segue para Farroupilha (RS), sede de um dos patrocinadores. No dia 18 de fevereiro, o time disputa sua primeira partida: um amistoso contra o Peixe Futsal (nada a ver com o Alvinegro Praiano), em Brasília (DF). A primeira competição começa cinco dias depois. Em 23 de fevereiro, o Santos estreia na Copa Cidade de Gramado (RS). Até o fim do ano, o Santos disputará ainda a Liga Futsal e o Campeonato Metropolitano de São Paulo. Falcão e Fernando Ferretti assinaram com o Santos até o fim de 2012. O restante da equipe, até o fim deste ano.
Fixo que estava na Itália é o novo reforço do Paraná Clube
 
Danilo em ação quando estava na Itália
O Paraná Clube/Vale Fértil segue reforçando seu elenco para a disputa do Campeonato Paranaense de Futsal da Série Ouro. Depois de anunciar três jogadores, a diretoria do Tricolor Paranaense confirmou a contratação do fixo/ala Danilo, de 26 anos, que estava atuando no Olimpiadi Bisceglie, próximo a cidade de Bari, na Itália e que teve passagem vitoriosa pelo Londrina nos anos de 2007 e 2008. Contente pela chance de defender o Paraná Clube/Vale Fértil em 2011, o novo contratado paranista ressaltou que o projeto apresentado e a estrutura do clube foram fatores preponderantes para o seu acerto com os dirigentes do Tricolor. Versátil o jogador também pode atuar na ala e é mais um nome de peso contratado pelo Paraná para a temporada.

24/01/2011

Planejamento, determinante também no futsal

A Chave Ouro do Campeonato Paranaense de 2011 promete ser novamente muito disputada e acima de tudo equilibrada. Alias, há anos vem sendo assim. E a cada temporada a competição se torna mais forte, mais difícil de se ganhar e, sobretudo, de se manter nela. Quem não se planeja com antecedência, firma parcerias fortes e principalmente conta com o apoio do poder público, e do próprio torcedor, certamente passa por muitas dificuldades no decorrer de uma competição deste nível, e acaba sendo alvo fácil das equipes mais estruturadas. E isso custa caro. Pois a falta de estratégias bem definidas resulta na maioria absoluta das vezes em descenso. É uma verdadeira queda livre rumo a Chave Prata, mais conhecida como a segunda divisão do estadual. Como num jogo de xadrez, essa organização precisa ser implantada em todos os setores de uma equipe. Até porque, falta de planejamento não significa falta de dinheiro. Quero dizer que não basta ter dinheiro sobrando e não ter estratégia. Como num jogo de xadrez, cada peça precisa ser bem movimentada. Saber, por exemplo, contratar um bom elenco e uma comissão técnica competente. Mas também de nada adianta ter uma excelente comissão técnica, sem um grupo forte, competitivo, de qualidade. Tudo precisa caminhar junto, em harmonia. Da mesma forma, fora de quadra, a parte
estrutural (casa do atleta, ginásio, transporte, alimentação, entre outros) precisa estar em perfeita ordem, para não refletir no rendimento do time. Vejo por ai muitas boas equipes com orçamentos reduzidos, fazendo frente com potências do futsal, simplesmente por adotarem e desenvolverem um bom planejamento. O ideal mesmo é ter competência, profissionalismo, faro afinado e bons parceiros para acertar dentro e fora das quatro linhas. 
Paraná pode ter outro representante na Liga Nacional

O Londrina pode ser mais um paranaense a disputar competição neste ano. Segundo informações dirigentes londrinenses participarão de uma reunião na cidade de Guarulhos, em São Paulo, na próxima segunda-feira, dia 31 de janeiro. No planejamento para a participação na competição nacional, o Londrina pretende investir R$ 1 milhão, e diz já ter R$ 700 mil. Sendo assim, faltaria mais um investidor de R$ 300 mil. Difícil! Talvez sim, talvez não. Para uma cidade do tamanho de Londrina não seria tanto. Ainda mais com a força e a tradição do futsal londrinense. Se a vaga realmente for confirmada penso que teremos sim, e com muita alegria, mais um paranaense na Liga, o que fortalece muito mais o futsal do nosso estado. Vamos torcer e desejar boa sorte ao Londrina.
Elenco mourãoense se apresenta dia 1º de fevereiro

Já está definido. Daqui exatamente uma semana, dia 1º de fevereiro, será iniciada a pré-temporada do Campo Mourão Futsal. Aliás, nunca se iniciou o trabalho tão cedo por aqui. Pelo menos que eu me lembre, quando começou mais cedo foi por volta do dia 10 de fevereiro. Não que nos outros anos tenha começado tarde demais. Na verdade cada ano a pré-temporada se inicia de acordo com o planejamento adotado pela comissão técnica, que geralmente é influenciado pela provável largada da competição e uma série de outros fatores determinantes. Bem, o fato é que se é possível começar a trabalhar mais cedo, por que não? Acho ótimo, já que assim será mais tempo para trabalhar, se preparar bem para também iniciar bem no estadual. Até o fim desta semana praticamente todos os componentes do elenco já devem estar na cidade, já devidamente alojados, para na terça-feira, dia 1º, começarem a longa jornada da temporada de 2011. Primeiramente ficarão sob os cuidados do preparador físico Eberton de Souza, o Beto, que durante 12 ou 13 dias deve intensificar a parte física, que dará toda sustenção necessária para o decorrer do ano. Num segundo momento entra assume o novo comandante técnico Egidio Beckauzer, que vem prometendo muito trabalho e quem sabe também grandes conquistas.

23/01/2011

Federação Paranaense confirma arbitral em Marechal

Agora é oficial. Como o Futsal Tático havia adiantado, Marechal Cândido Rondon, no Oeste do Paraná, vai ser mesmo sede do arbitral da Federação Paranaense de Futsal para a Chave Ouro de 2011, no dia 12 de fevereiro. Para o arbitral estarão presentes representantes de todas as equipes que disputarão o Campeonato Paranaense de Futsal - Chave Ouro, em 2011. Conforme Hermes Trindade, integrante da comissão de arbitragem da Federação, 16 equipes estão confirmadas para a competição. Conforme o calendário da Federação, os jogos devem iniciar no mês de março, em data ainda a ser definida, seguindo até o mês de novembro, quando acontecerão as finais.

22/01/2011

Futsal Tático agradece apoio da “massa” 

Confesso que tenho me enchido de orgulho com a repercussão que o Futsal Tático vem criando na rede. Nesses dez dias de postagens, recebi muitos e.mails, telefonemas e manifestações de todos os modos, sempre elogiando a iniciativa e, sobretudo, a qualidade do blog. Fico imensamente agradecido, e porque não dizer envaidecido, pelo apoio de todos que já tiveram a oportunidade de acessar o blog ou simplesmente ouviram falar e prometeram não deixar de acompanhar. Mas, o bacana de tudo isso, é o apoio e incentivo dos colegas de imprensa, que fizeram questão não apenas de felicitar este humilde e novo blogueiro. Pelo contrário, foram mais longe. Publicaram em seus instrumentos de comunicação o surgimento do Futsal Tático. Obrigado amigos Ilivaldo Duarte (blog do Ilivaldo Durte), Gerson e Bruno Maciel (blog Esporte Mourãoense), Diego Reis (Jornal Correio do Cidadão); Sid Sauer (Bocasanta) e Roberto Soares (Tv Cidade Sul). Valeu pela força, pela moral e principalmente pelo incentivo.
Ala Paraná volta da Europa para também reforçar o Quedas na Ouro

Com passagens por Maringá, Guarapuava e Foz, entre tantas outras equipes, o experiente ala Paraná, de 30 anos, é mais um a entrar em acordo com os dirigentes do Quedas do Iguaçu, uma das equipes debutantes da Chave Ouro em 2011, e vai defender o time do Sudoeste na competição. Atuando na Europa desde 2003, Paraná passou por equipes da primeira divisão da Itália e da Espanha, e certamente trará na bagagem uma grande experiência para servir o Quedas. É mais uma peça importante que entra no “tabuleiro” do time quedense, e promete dar trabalho nessa competição. Me lembro muito bem do Paraná, quando atuava pela antiga Amafusa de Maringá. Equipe muito forte da Chave Ouro no inicio dos anos 2000 e chegou, inclusive, a disputar a Liga Nacional. Paraná, naquela época, era um jogador voluntarioso, de forte marcação e bom passse, mas que também sabia fazer gols. Se ainda tiver aquela mesma disposição e qualidade, e acredito que realmente tenha, o Quedas acertou em cheio na contratação.

21/01/2011

Adeafi deve anunciar afastamento

Sem perspectiva de apoio financeiro e com dívidas relacionadas ao ano passado, o presidente da Adeafi Futsal, de Foz do Iguaçu, Valdeci Rolim de Freita, anunciou que enviará a Federação Paranaense de Futebol de Salão (FPFS) um pedido de licença para as próximas duas temporadas. A equipe tem vaga adquirida na Série Ouro, mas em função das dificuldades encontradas deverá abrir mão da disputa. "Fizemos tudo para manter a vaga na elite do futsal paranaense, mas estamos vivendo um momento de indefinições. O que posso garantir é que sozinha a Adeafi não tem condições de participar do campeonato", alertou o dirigente. Assim, nos próximos dias um documento será encaminhado à FPFS, informando a decisão do time iguaçuense que solicitará afastamento dos certames oficiais em 2011 e 2012. Depois de uma temporada desgastante no ano passado, restaram cerca de R$ 50 mil em dívidas. Segundo o dirigente, R$ 17 mil já foram pagos. "Fui abandonado por alguns companheiros e precisei fazer um empréstimo com minha esposa para quitar parte dos débitos. O esforço pela manutenção da vaga foi feito, mas agora não depende somente de mim", completou. 
Egidio e Beto buscam aprimoramento e troca de experiências na capital paulista

Beto, agora prep. físico
Campo Mourão Futsal
Egidio Beckauzer, novo técnico para temporada 2011
Quem está em São Paulo de hoje até domingo (23) participando de um importante curso sobre Alto Rendimento no Futsal são os responsáveis pelo comando técnico do Campo Mourão/Fecam em 2011, Egidio Beckauzer (técnico catarinense recém contratado) e Eberton “Beto” de Souza, ex-técnico da equipe adulta de Campo Mourão e agora preparador físico e auxiliar técnico. Os dois foram buscar aprimoramento e trocar experiências com outros colegas na capital paulista. Ministrado pelo vitorioso professor Marcos Xavier de Andrade, o Marquinhos Xavier, vice-campeão e eleito melhor técnico da Liga Nacional no ano passado, no comando do Marechal Cândido Rondon, o conteúdo programático do curso reúne temas de atualização e capacitação de treinadores de futsal, desde o treinamento das categorias de base até o Futsal de Alto Rendimento. É promovido pela Universidade Gama Filho, de São Paulo e estãoparticipando treinadores (as), jogadores e dirigentes de futsal; preparadores físicos e treinadores de goleiros de futsal; bacharéis, licenciados e estudantes de educação física; provisionados e não provisionados do CREF, além de estrangeiros e outros interessados.

20/01/2011

Federação define data e local do arbitral da Chave Ouro

Fiquei sabendo que Marechal Candido Rondon, no Oeste do Paraná, acaba de ser escolhida como sede do arbitral realizado anualmente pela Federação Paranaense de Futsal (F.P.F.S). Toda a fórmula de disputa e o regulamento da Chave Ouro deste ano serão definidos no evento, que reunirá os representantes das 16 equipes da elite do futsal do Paraná. Oficialmente o encontro ainda não foi divulgado pela Federação. Mas o Futsal Tático sai na frente e com exclusividade informa aos cartolas do Paraná. Será dia 12 de fevereiro, sábado, a partir das 09 horas da manhã.
Paraná Clube define inicio da pré-temporada
Júnior, treinador respeitado no futsal paranaense

Ao que parece o Paraná Clube será a primeira equipe a começar a trabalhar efetivamente, digo, dentro da quadra, neste ano de 2011. O time da capital, que novamente será comandado pelo bom técnico José Roulien de Andrade Júnior, ou simplesmente Junior, está anunciando a apresentação oficial para o dia 31 de janeiro, uma segunda-feira. Como já noticiado por este blog, a expectativa dos dirigentes paranistas é que a equipe possa chegar mais longe neste ano. E olha que em 2010 o tricolor paranaense, como é carinhosamente chamado pelos seus torcedores, fez uma grande temporada. Foi quarto colocado na Superliga, disputada no inicio do ano em Minas Gerais, e também quarto colocado na Chave Ouro do Campeonato Paranaense. Excelentes colocações em duas competições de alto nível. Fiquei sabendo que apesar de já ter marcado a data da apresentação, o elenco ainda não está fechado e, pelo menos duas contratações ainda serão anunciadas. A base paranista foi mantida e reforços de peso foram contratados. Se o time que está sendo montado realmente funcionar dentro de quadra, com certeza veremos um Paraná Clube ainda mais forte.

19/01/2011

Marechal Rondon vai representar o Paraná na Superliga

A Confederação Brasileira de Futebol de Salão (CBFS) divulgou a tabela da 6ª Superliga de Futsal, competição que abre a temporada do salonismo nacional e será disputada entre os dias 23 e 27 de fevereiro, no Ginásio Poliesportivo Divino Ferreira Braga, em Betim (MG). Oito equipes vão brigar pelo titulo da competição neste ano.
Estão confirmados os cinco campeões das ligas regionais, mais os dois primeiros colocados da Liga Futsal 2010 e a equipe da casa. Por causa do fim da Malwee/Cimed (SC), atual campeã da Liga, a Copagril/Faville/DalPonte/Marechal Cândido Rondon herdou a vaga destinada ao primeiro colocado, enquanto o Carlos Barbosa (RS) ficou com o segundo posto.
Marquinhos Xavier técnico do M.C.R, melhor
da Liga Nacional em 2010
No grupo A estão a AMDH/Betim (MG) (equipe sede), a Copagril/Marechal Rondon, a IACC/Patrimonial/Águia Seguros (SC) (campeã da Liga Sul) e o ABC/ART&C (RN) (vencedor da Liga Nordeste). Já a chave B é integrada pela Carlos Barbosa, o Cresspom (DF), o V&M Minas (MG) e o Alvorada (MA), vencedores das Ligas Centro-Oeste, Sudeste e Norte, respectivamente. Certamente será mais um grande desafio para o time comandado pelo excelente técnico Marquinhos Xavier. Uma competição muito forte que dará ritmo para os rondonenses iniciarem a Chave Ouro e a própria Liga Nacional. Boa sorte professor Marquinhos, pois ficaremos na torcida por mais um desempenho brilhante deste grande time de sua responsabilidade. Vale lembrar que em 2010 o representante paranaense foi o Paraná Clube/Vale Fértil, que ficou com a excelente quarta colocação no torneio.
Quedas repatria fixo brasileiro que estava na Espanha

Elenco vice-campeão da Chave
Prata em 2010
 O vice-campeonato da Chave Prata definitivamente animou os dirigentes do Quedas do Iguaçu, no Sudoeste do Paraná. Debutante na Divisão Especial deste ano, a Chave Ouro, o time vem se reforçando a cada dia e já dá mostras de que poderá incomodar equipes já tradicionais da primeira divisão. Além das renovações de contratos de parte do elenco de 2010, o primeiro reforço anunciado foi o ala Edu, que já passou por Umuarama e Marechal aqui no Paraná, e que este blog, inclusive, já noticiou. Agora, o Quedas anuncia o acerto com o fixo Celso, de 21 anos, que está sendo repatriado do futsal espanhol, onde estava havia três anos. Pernambucano, além de defender o Náutico, onde inicio a carreira, o jogador passou pelo Reale Cartagena, no Lãs Rozas Boadilla e no Roster Jumilla, da Espanha.
Betinho, ex-Marechal, acerta com o Paraná Clube

A camisa 11 do Paraná Clube/Vale Fértil já tem um novo dono. O ala/pivô Betinho, de 27 anos, vice-campeão da Liga Nacional de Futsal de 2010 pelo Marechal Cândido Rondon, acertou com o Tricolor Paranaense na tarde desta terça-feira. O jogador prevê novamente um grande ano para o time paranista e espera contribuir para ajudar a equipe a chegar o mais longe possível na Série Ouro do Campeonato Paranaense de Futsal. “Estou muito feliz com a concretização da minha transferência para o Paraná Clube.  A diretoria conseguiu montar um time bom e muito competitivo, com jogadores conhecidos e experientes. Espero, juntamente com meus companheiros, chegar o mais longe possível na Série Ouro”, revelou o novo contratado do Tricolor.
Betinho, quando defendia o M.C.R
Betinho revelou estar ciente da cobrança que todo o time paranista terá de levar o Paraná Clube/Vale Fértil pelo menos entre as quatro melhores equipes do Estado, fato que já aconteceu na última temporada. “Pela qualidade que o time tem, se o trabalho for levado a sério, podemos chegar pelo menos na final. Conheço a maioria dos jogadores de atuar contra e sei da qualidade de todos. Essa cobrança vai nos motivar ainda mais. Já que ano passado o Paraná conseguiu o feito inédito de chegar entre os quatro, nós que estamos chegando agora não podemos pensar menos que esse objetivo”, emendou o ala. Com o status de vice-campeão da Liga Nacional pelo Marechal Cândido Rondon, Betinho revelou que não teme uma possível cobrança maior que terá no Paraná Clube/Vale Fértil em 2011. “Se houver essa cobrança eu estou tranqüilo e vou saber lidar com isso. Acredito que não terá, pois o grupo é muito forte e tem jogadores experientes e rodados dentro do futsal brasileiro e internacional”, completou o novo camisa 11 paranista. Polivalente, Betinho pode atuar nas funções de ala-direita e pivô. Na última Liga Nacional de Futsal, o jogador foi um dos principais nomes do Marechal Cândido Rondon e foi o terceiro artilheiro da equipe, com 11 gols marcados.

18/01/2011

Brasil perde amistoso para Rússia no primeiro confronto de 2011

Por Rafael Xavier

Ekaterimburgo (Rússia) - A Rússia venceu o Brasil nesta segunda-feira (17/1) no primeiro dos dois amistosos programados entre os dois países. Os russos, semifinalistas da última Copa do Mundo de Futsal, fizeram valer o fator casa e bateram os atuais campeões mundiais por 3 a 1, em Ekaterimburgo. Nesta quarta-feira (19/1), as duas equipes voltam a se enfrentar, desta vez em Tyumen.

(Rafael Xavier é assessor de imprensa da Liga Futsal)
Marreco fecha elenco com contratação de fixo nordestino

Jogador vem do Sumov, do Ceará
O experiente fixo Neto Caraúbas foi a última contratação do Marreco Futsal, de Francisco Beltrão, no Sudoeste Paranaense, para a temporada 2011. A confirmação do acerto foi anunciada hoje pela diretoria do Marreco Futsal, que está trazendo Carnaúbas do tradicional time do Sumov, do Ceará. O jogador já passou por várias equipes do Nordeste do Brasil e chega pela primeira vez no Paraná, com grande expectativa dos dirigentes e comissão técnica do Marreco. “Confesso que não conheço, mas pesquisamos sobre ele e soubemos que é um bom jogador nas características que estávamos precisando para o nosso time”, afirma o treinador Nelsinho Bavier. Nelsinho está bastante agradado com o grupo que foi montado. “É uma equipe equilibrada que tem grandes condições de alcançar os objetivos traçados”, garante.

17/01/2011

Federação aguarda sugestões para definir fórmula da Chave Ouro

Sexta-feira (21) é o ultimo prazo para que os 16 clubes que vão disputar a Chave Ouro em 2011, encaminhem propostas de alteração na fórmula de disputa da competição à Federação Paranaense de Futsal. É que a alteração na fórmula depende, em boa parte, da organização dos clubes participantes. Recebidas as sugestões, a Federação fará a organização do arbitral, que possivelmente será realizado em Foz do Iguaçu ou Guarapuava, na segunda semana de fevereiro.
Brasil abre a temporada 2011 diante da Rússia

Ekaterimburgo (Rússia) - Com um elenco quase todo formado por jogadores que atuam na Europa, a Seleção Brasileira de Futsal inicia a temporada 2011 nesta segunda-feira (17/1) diante da Rússia em um amistoso na cidade de Ekaterimburgo (distante cerca de 1,2 mil quilômetros de Moscou). A partida ocorre às 19h15 pelo horário local, 12h15 pelo horário de Brasília. Dentre os convocados, apenas o fixo Neto, que neste ano jogará pela Cortiana/Santos, atua em solo brasileiro. Pelos lados da Rússia, o brasileiro naturalizado Pula, artilheiro da última Copa do Mundo de Futsal, com 15 gols, é o grande destaque. Ao lado do fixo Maevsky, ele deve ser uma das preocupações do time verde-amarelo para a série de amistosos, que será encerrada na quarta-feira (19/1), com um novo confronto em Tyumen. “Sem dúvida, junto a Espanha e Brasil, a Rússia é o melhor time do mundo na atualidade. Eles têm uma qualidade apurada e vamos enfrentá-los na casa deles, para dois confrontos que eles tiveram quatro dias de preparação e nós chegamos em cima da hora, mas não podemos nos apoiar nessas dificuldades”, declarou o técnico do Brasil, Marcos Sorato. Sorato alertou, que a participação dos russos no último Grand Prix, em que foram eliminados ainda na primeira fase não serve de base para os jogos desta semana. “Não podemos nos iludir com a colocação dos russos no último Grand Prix. Eles foram com uma equipe totalmente diferente do que a que está aqui, por exemplo. Esta é a equipe principal da Rússia, que deve ter um futsal bem parecido com o que foi apresentado no mundial 2008”, destacou. Sobre o elenco convocado, o técnico Marcos Sorato fez algumas considerações. “Todos os jogadores já estiveram conosco e pelo momento que vivem nos clubes foram chamados. Posso citar o exemplo do pivô Betão, que recuperou sua forma e fez por merecer voltar ao time. Hoje temos o melhor entre os atletas que atuam em clubes europeus, já que não tínhamos a opção de trazer a seleção chamada absoluta, que é a mescla desta base que está aqui, com a base de atletas que atuam em times do Brasil”.

Rússia x Brasil
Amistoso - Jogo 1
Data: 17/1/2011
Horário: 19h15 (horário local) - 12h15 (horário de Brasília)
Local: Ekaterimburgo - Rússia
Quedas aposta em jovem promessa cearense

A equipe do Araupel/Quedas Futsal continua se reforçando para a disputa do Campeonato Paranaense. A aposta da diretoria agora é o ala/pivô Samuel de apenas 18 anos, uma jovem promessa que vem do futsal cearense. Muel, como é conhecido o atleta, iniciou nas categorias de base do BNB Clube, equipe com tradição na revelação de jogadores e na ultima temporada defendeu as cores do Ferroviário Atlético Clube. Jogador com características ofensivas, Muel se destaca pela habilidade e a facilidade em fazer gols e é o sexto atleta oficialmente anunciado pela equipe do sudoeste do estado. A contratação de mais esta promessa do futsal por uma equipe paranaense, confirma o ponto de vista que ja defendemos aqui no Futsal Tático, do grande investimento que os times do estado fazem em jogadores de outras regiões do Brasi. O que acho perfeitamente correto. O Campo Mourão Futsal, por exemplo, neste ano está seguindo esta mesma filosofia e já contratou dois jovens destaques do Campeonato Cearense. O ala Preá, que é cearense e vem do Limoeiro do Norte, e o pivô potiguar Betinho, que em 2010 defendeu o Mombaça Futsal, também do Ceará.

16/01/2011

Guarapuava se reforça para tentar o bi-campeonato
Baiano, técnico do CAD,
colecionador de titulos no Paraná

O último contratado do Guarapuava Atlético Clube para a temporada é o experiente ala potiguar Gildemário Martins da Silva, o Gil, como é mais conhecido. Com ele, o atual campeão paranaense fecha as contratações para o início do Estadual. Ala canhoto de muita experiência no futsal nacional e da Europa, Gil já atou em equipes como Banespa-SP, Cortiana-RS e Anápolis-GO (equipe que defendeu em 2010), além de clube do futsal belga e italiano. É a quinta contratação do CAD neste inicio de ano. Anteriormente foram anunciados o fixo Henrique (ex-Foz), o ala Dionízio (ex-Limoeiro-CE, ACBF-RS e Seleção Brasileira) e os pivôs Alex He-Man (ex-Cascavel) e Mauricinho (ex-Umuarama). O restante do grupo é remanescente da equipe de 2010, o que deverá garantir o entrosamento do time comandado pelo técnico Eduardo Pacheco Coelho, o Baiano, que buscará o bicampeonato paranaense em 2011. Os adversários que se cuidem, pois novamente o CAD/Guarapuava vem forte e é forte candidato a ficar com o titulo da Chave Ouro.

15/01/2011

Novato da Chave Ouro, Quedas do Iguaçu inicia montagem de elenco forte 
Edu, emação pelo Umuarama, em 2009

O ala/fixo Edu é o primeiro reforço oficial do estreante Quedas Futsal para a temporada. Indicado pelo técnico Fabiano Poffo, o atleta paulista, de 25 anos, tem passagens de sucesso por grandes equipes do futsal brasileiro e chega como o principal nome do elenco quedense que estréia na Chave Ouro 2011. No Parana, Edu foi bicampeão estadual com o Umuarama (2007 e 2008) e vice campeão da Liga Futsal 2010 com Marechal.   Com propostas de equipes da Liga Nacional de outros estados, o fixo escolheu Quedas do Iguaçu por acreditar no potencial da equipe do sudoeste e para ficar próximo da familia de sua esposa, que é de Umuarama e espera para agosto o nascimento do primeiro filho do casal. O atleta comentou o novo desafio: “Nenhuma equipe nasce grande, mas com muito trabalho, empenho e dedicação pode se fazer grande. Estou acreditando muito nessa nova equipe e que ninguém se surpreenda se estivermos entre os primeiros ao final do ano. Em 2010, não fui muito utilizado mas sei do meu potencial e sei que posso ajudar a levar Quedas a um lugar de destaque no futsal paranaense”.
Cobrança Maior!
Por Luiz Ferraz

Depois de ficar com a quarta colocação no Campeonato Paranaense de Futsal da Série Ouro de 2010, o Paraná Clube/Vale Fértil entra na temporada de 2011 com a obrigação de, no mínimo, repetir a grande campanha realizada no ano passado. Para isso, a diretoria paranista, em conjunto com a comissão técnica e o patrocinador, planejam uma temporada de ainda mais sucesso em 2011. Para começar, a diretoria, com muito esforço, conseguiu manter a base da equipe do ano passado. Mesmo com o assédio de muitas equipes que disputam a Liga Nacional, permaneceram o goleiro Gabriel, os fixos Gerson e Martin, os alas Bruno, Marcelinho, Villa, e os pivôs Daniel e Fillipe. Além deles, já foram contratados dois reforços. Acertaram o ala Rudi, destaque de Umuarama e São Miguel em outras temporadas e que estava atuando em Fortaleza, e o ala-esquerdo Michel, que vem do futsal italiano. Na próxima semana, pelo menos mais três jogadores deverão ser anunciados. A diretoria procura por um pivô, um ala e um fixo/ala. Mesmo montando uma equipe ainda mais competitiva em 2011, certamente o Paraná Clube/Vale Fértil vai entrar na Série Ouro como azarão, da mesma forma que aconteceu em 2010. O que nos resta é acompanhar atentamente os bastidores e esperar a bola pesada rolar a partir de março.

(Luiz Ferraz é jornalista, assessor de imprensa do Paraná Clube/Vale Fértil, de Curitiba, e será um dos correspondentes do Futsal Tático na capital)

14/01/2011

Promessa do futsal catarinense vai defender Campo Mourão
 
Taynan em ação nas quadras de SC

Paraibano de Campina Grande, mas radicado em Blumenau/SC, onde se transformou em uma promessa do futsal daquele Estado, o ala canhoto Taynan, de 18 anos, vai defender o Campo Mourão Futsal/Fecam na atual temporada. Jogador de muita qualidade no passe e eficiente na marcação, ele chega por indicação do técnico Egidio Beckauzer, que será responsável pelo comando da equipe mourãoense no Campeonato Paranaense e nos Jogos Abertos deste ano. Apesar de jovem, Taynan foi campeão e destaque de todas as categorias da base que o formou. O garoto tinha convites de outras equipes de Santa Catarina e até de São Paulo, mas optou por Campo Mourão, e é o décimo primeiro atleta contratado neste ano pela diretoria do time mourãoense, que renovou com 50% do elenco de 2010 e está modificando o restante do grupo, trazendo jogadores principalmente da região Nordeste do Brasil. Alem de Taynan, já foram contratados o também ala esquerdo Preá (destaque do Cearense em 2010), o pivô Betinho, que vem do Rio Grande do Norte e o já conhecido ala/fixo cearense, Piliu, que defendeu Campo Mourão nas temporadas de 2000 e 2001.
O fato é que esse garoto (Taynan) chega muito bem recomendado não apenas pelo treinador Egidio, mas também por muitos atletas e dirigentes de Santa Catarina que já trabalharam com ele ou o viram jogar. Se for tudo mesmo que ouvi dizer, e espero sinceramente que seja verídico, esse “piá”, como dizem os catarinenses, vai dar o que falar. Boa sorte Taynan.

13/01/2011

Piliu, ex ídolo da torcida mourãoense vai voltar

Cearense de Tabuleiro do Norte, o ala/fixo Antonio Erinilson Maia, o Piliu (foto), de 33 anos, aceitou o convite e será o jogador mais experiente do elenco que está sendo formado pela diretoria do Campo Mourão/Fecam para a temporada 2011. Figura já conhecida do torcedor mourãoense, Piliu voltará a defender a equipe exatamente uma década após sua primeira passagem pelo clube, nos anos de 2000 e 2001, quando conquistou o titulo da Chave Prata e dos Jogos Abertos do Paraná. De lá para cá o jogador rodou o Brasil e o mundo, defendendo grandes times e colecionando títulos. Entre as equipes que atuou estão a Unisul/SC e o ABC/RN, onde foi vice-campeão e artilheiro da Taça Brasil; o Zagreb, da Croácia, onde conquistou o campeonato nacional em 2008 e também o Horizonte, de Fortaleza, equipe pela qual ganhou a primeira divisão do Ceará em 2009. Atleta de currículo invejável, Piliu também defendeu Camocin e Crateús, do Ceará, no inicio da carreira, além da extinta equipe da Asserp, de Foz do Iguaçu (vice-campeã da Chave Ouro em 1999), Pato Branco e Toledo.
Jogador de bom passe, forte marcação e ótima finalização, Piliu garante que está muito motivado para voltar e pretende ser um dos pilares do esquema tático do técnico catarinense Egidio Beckauzer, que comandará o Campo Mourão/Fecam em 2011. “Minha expectativa é das melhores possíveis. Estou com a mesma motivação que tive na primeira vez que defendi Campo Mourão. Tinha o sonho de voltar e agora vai ser possível, por isso, vou me dedicar muito para levar essa equipe ao lugar que ela merece que certamente é entre os melhores times do Paraná”, declara Piliu, que em 2010 disputou o Campeonato Cearense pelo Limoeiro do Norte.
Conversei bastante com Piliu nesses últimos dias e pude sentir essa grande motivação que ele descreve. Não tenho duvidas que foi uma contratação acertada, de uma atleta de extrema qualidade que vai ser fundamental para os objetivos do Campo Mourão Futsal.
Venha com Deus Piliu, porque com você ele e o torcedor mourãoense estará lotando o ginásio do Lar Paraná para vê-lo apresentar seu grande futsal.
Biju renova e vai defender Campo Mourão pelo terceiro ano
Na foto o pivô Paulinho (10), que também renovou e e Bijú (13)

Pelo terceiro ano seguido o torcedor mourãoense vai poder ver em quadra a força e a garra do voluntarioso fixo, e capitão nas últimas duas temporadas, Biju, de 31 anos de idade. Paulista de Pindamonhangaba, Eder Tadeu Basílio, o Biju (como é chamado desde criança), além de bom jogador também é um profissional dedicado e acima de tudo boa pessoa. Nosso capita passou por momentos difíceis em 2010 por conta de uma lesão de púbis, mas já está 100% recuperado e pronto para vestir a camisa de Campo Mourão com aquela mesma vontade e satisfação que lhe é peculiar. E Este ano promete para ele. Não apenas porque vai querer compensar os vários jogos que ficou de fora na última temporada, em razão da sua contusão. Mas também porque Biju será pai pela primeira vez da garotinha Mariá, que está a caminho, em breve vai poder ver o papai em ação nas quadras do Paraná.

12/01/2011

Futsal Tático “entra em quadra”

Hoje é um dia histórico. Uma data que marca o inicio de postagens do Futsal Tático. Um blog que chega para retratar o cotidiano do futsal paranaense, sobretudo, do Campo Mourão Futsal/Fecam, uma das mais tradicionais equipes do Estado, sendo inclusive a mais antiga inscrita na Federação Paranaense.
Pois bem... O fato é que a intenção deste blog é publicar reflexões sobre a modalidade, mas principalmente informar o torcedor e desportista apaixonado por futsal - assim como este que escreve - sobre tudo que acontece no Campeonato Paranaense Chave Ouro, desde a formação e preparação das equipes para a competição, até o resultado final dos jogos, classificação e pontuação, entre outros tópicos relacionados à “bola pesada”.
Enfim, a partir de agora o Futsal Tático estará com você caro amigo internauta para melhor informá-lo. Não deixe de acessar e interagir com o blog. É Futsal Tático, é futsal no coração.
Mercado aquecido neste inicio de ano

O final e inicio de cada ano são marcados por um grande aquecimento no mercado do futsal. É o momento em que as equipes iniciam a montagem do elenco para a temporada. É gente que vai e gente que vem, como se fosse uma imensa rodovia de mão dupla, onde tanto técnicos como jogadores, em acordo com os cartolas da modalidade, optam por permanecer ou não nos clubes que defenderam na temporada anterior.
No Paraná, em especial, essa dança tem um ritmo frenético. Por isso, a cada ano o que percebo é um considerável aumento de investimento das equipes em jogadores de qualidade, técnicos consagrados ou apenas promessas, sem contar na melhoria da estrutra. O que, consequentemente melhora também o nível da competição, já considera uma das melhores do país.

Paraná é importador de talentos do futsal

Entra ano e sai ano e o que mais se vê são jogadores de todas as partes do país querendo atuar por equipes do Sul do Brasil, especialmente as do Paraná. Tanto é verdade, que se contabilizarmos a quantidade de jogadores de outros estados vestindo a camisa de equipes paranaenses, certamente vamos nos assustar e perceber que o que menos temos na nossa própria competição, são atletas genuinamente paranaenses. Não que isso seja ruim, pelo contrário. Afinal, não fosse essa debandada de jogadores de outras regiões, principalmente do Nordeste e Sudeste e até mesmo aqui da região do Sul, como Santa Catarina e Rio Grande, talvez as Chaves Ouro e Prata do Campeonato Paranaense não seria tão forte, disputada e famosa como é hoje.